Sunday, December 12, 2010

Pois...

Podem até atingir o rácio de 1 polícia por cada habitante, mas continuando com os problemas estruturais e vendendo gato por lebre a criminalidade/delinquência tende a aumentar em formas mais violentas e aprimoradas. Lívio deveria estar mais preocupado com o consumo de droga dentro da PN e com o descontentamento da base em formação superior com a chefia estanque. A chefia parasita que defende no novo estatuto do pessoal da PN direito a casa própria condigna e mobilada fornecida gratuitamente pelo Estado, mais subsídio para despesas com alimentação e telefone. Tudo pago por nós. Ah... que paguemos também as viaturas para os passeios aos fins-de-semana tão adorado pelos políticos e directores gerais destas ilhas afortunadas. Não esquecer da isenção alfandegária das viaturas compradas não sei onde... pois, chapas verde para a chefia. Protecção especial da sua pessoa, familiares e bens, mesmo depois de cessação de funções. Passaporte diplomático e utilização das salas VIP's dos portos e aeroportos nacionais. Os que não são chefes que se lixem. Os que de facto estão em situação de risco, muitas vezes habitando espaços onde o perigo espreita que se fodam. Depois admira-se que tenham outros afazeres. Economia subterrânea é a salvação. Uns fazem muito e caem na merda e uns poucos não fazem nada (a não ser dar boas mamadas para garantir o cargo no poleiro) a não ser fatiotar de azul e ganham um balúrdio mais regalias extravagantes. É a reprodução da desigualdade dentro do sistema. Agora o homem do Fogo vem falar de ter cumprido a promessa de mais polícias. Vai mas é demitir-se... e leva o clero contigo.

Thursday, December 9, 2010

Outdors war (3)

Na verdade, há mais acesso para o desemprego e para a comédia... como disse alguém quase próximo, de facto, Cabo Verde sta ta muda, só que para pior. Contudo, depois de 2011 começam a aparecer as primeiras manifestações da coisa...

Wednesday, December 8, 2010

Tolerância Zero

Estava eu quase a acabar de escrever o post anterior e o telemóvel toca. Do outro lado, Dudú Rodrigues, o artista, directamente da esquadra da Achada Eugénio Lima. Foi preso. Acusação: desacato à autoridade. Razão: por andar de patins no asfalto de Zema. Situação: o gajo depois das artes plásticas, parkour, grafite, audiovisual, produção do festival hip hop Konsienti, e não sei mais o quê, resolve que quer andar de patins na street com a malta tribal. Na descida do monte-agarra que dá acesso à Fazenda, escorregando na diskontra si riba patins di linha, aparece o carro piquete number 5, de dentro um gorila estica a mão agarrando-o à camisa e atira-o contra o carro que se encontra em movimento. Cai ao chão, o carro pára, os gorilas saem de arma em punho e o elemento é atirado contra o capot para ser revistado. Reacção: busca entender o porquê de tão espectacular aparato e um dos gorilas irritado por ver que o meliante conhece os seus direitos, grita que está a ser preso por desacato e é "fulhado" como um animal para dentro da lata da sardinha. Desacato? Por ter sido atirado contra um Toyota Hilux em movimento? É a violência policial. A tolerância zero que Júlio Correia copiou de Rudy Giuliani e Lívio Lopes deu continuidade. Não sou jurista, nem conheço as leis, mas duvido que haja uma que proíbe o animal humano de andar de quatro rodas patinais nas estradas. Entendo quando a polícia chateia-se com o resto da tribo por agarrarem em autocarros e demais máquinas andantes, mas preso por andar de patins é no mínimo um absurdo só possível (ou talvez não) nas ilhas fantásticas. É a nossa polícia... despreparada, obtusa e violenta. Agora fico a imaginar o que os meus camaradas do Wolf Gang devem passar quando levados pela bófia. Com tantos criminosos no Parlamento, Governo, Câmaras Municipais e demais instituições públicas e privadas... vão mas é p'ro carralho. Final: ao chegar à "frigidera" puxa do móvel e gasta o seu direito a uma chamada comigo. Vou lá ter e sou informado pelo polícia de plantão que o sacana está a ser ouvido. Por sorte, após ter passado por momentos de alguma pressão psicológica, o chefe da esquadra (que por acaso o conhece) resolve soltá-lo apenas com uma repressão verbal... por andar de patins no asfalto do Zema que Filú apresentou como sendo dele. Final feliz e fica o susto para o gajo recém-chegado de França após ter representado Cabo Verde num encontro cultural em Paris como prémio de ter ganho o concurso fotográfico 2010 do Centro Cultural Francês.

Aconteceu com ele desta vez, mas acontece com tantos outros todos os dias. Pediu-me o gajo que fizesse este post... e aproveito para dizer que não obstante ter amigos, conhecidos e alunos polícias (que respeito), a maioria não passa de retardados chefiados judicialmente e executivamente por outros tantos retardados. Pronto já disse... talvez quando precisar deles fico a chupar no dedo. É a vida...

(Na imagem: Carro piquete number 4 de prevenção na Várzea no dia em que Maika, o nigeriano morto pela polícia em Dezembro último, é levado a enterrar)

Que grande novidade...


E o que é que a senhora ministra mais incompetente deste governo, a do ensino superior; o senhor ministro mais criminoso deste governo, o das comunidades; o panfletinho virtual amarelo, o blogue do Vladmir e companhia; o senhor dos tachos e biscates, o Nuias; e o maior ilusionista em actividade na terra pasa sabi, o mister Zema's, têm a dizer sobre isto?

(Imagem tirada algures por aí)

Tuesday, December 7, 2010

Dymokrataz: Socyologya

Podem não gostar do beat mas o que importa é a mensagem.

Solidariedade para com os estudantes britânicos... e italianos (mais os investigadores e professores universitários transalpinos)


(Vídeo via 5Dias)

Para ler




Misha Glenny reflecte nesta obra sobre o peso da economia subterrânea ou paralela no crescimento económico dos Estados-nações contemporâneos, fruto da globalização desregulada, lideradas por capitalistas gangsters em conluio com Governos, militares e funcionários corruptos nos quatro continentes.

Monday, December 6, 2010

E a pré-campanha prossegue...

Nos últimos tempos deixei de acreditar nas notícias das comunicações sociais de referência deste país pela sua incoerência e erros sistemáticos... contudo, crendo nesta notícia, o governo foi multado - 150 contos. Não foi o PAICV. Foi o Governo. Ou seja, nós. Os contribuintes. Va bene. Aposto que, crendo na mesma notícia, desta vez o MP age. Contra o semanário Já. É caso para perguntar: e o processo contra Filú e uns outros tantos são avaliados quando?

P.S. Este aqui, de repente, lembrou-se dos funcos e das suas gentes, mais os valores etc e tal. É caso para dizer, estamos em campanha... a época da caça está aberta.

Friday, December 3, 2010

Fretes

Começa o frenesim nos bastidores das presidencias no lado tambarina. Inocêncio já pôs o seu ministério ao serviço da pré-campanha fazendo um acordo com o chefão dos Picos, lembrando a máfia napolitana. Tens o meu apoio e em troca infraestruturas o meu concelho. Politicamente, uma boa jogada de João Baptista. São Salvador do Mundo está a crescer infraestruturamente, de facto. Só não sei qual o peso de cerca de 9 mil habitantes na votação final. Hopffer Almada aproveita o ministério da filha para mobilizar jovens para os comícios da pré-campanha em troca de bolsas escolares internos (o que o JPAI ignora). É do tipo: paga-me as propinas universitárias (que é um balúrdio nestas illhas pobres) que encherei 20 hiaces p'ras palestras do paizinho. Jogadas interessantes dos dois lados... utilizando a coisa pública para benefício próprio. Tal como não me revejo em Pedro Pires (não obstante a tirada do chapéu pelo trabalho feito no pós-independência) não me irei rever em nehum desses dois, caso tiverem o fortúnio de lá chegar.

Thursday, December 2, 2010

Cordá Monte Cara

Não sei muito bem do que se trata e estou-me a cagar para o facebook, mas sou adepto de movimentos do tipo e demais agremiações populares na tentativa de restaurar a sanidade ilhesca. Acho este manifesto bem conseguido e devo dizer que convenceu-me... e que se estique ao país inteiro.

E é pena não haver actividades anarquistas nesses dias em Lisboa... pelo menos que eu saiba

Mito Elias celebrando a paz e a memória de John Lennon numa exposição vídeo-poética na cidade das sete colinas.

Wednesday, December 1, 2010

Skinhead Attitude

Erroneamente, o movimento skinhead tem sido associado apenas ao movimento nazista (imagem passada pela media), mas, este documentário de Daniel Schweizer (ver trailer aqui) serve para acabar com alguns mitos. Numa viagem pela Europa e América do Norte, o realizador busca mostrar as duas facetas desse movimento parido no Reino Unido nos anos 60 sob influência dos rude boys jamaicanos. No país da sua Majestade, pelo seu carácter reivindicativo, muitos jovens punks e mods, rapidamente, aderiram ao movimento jamaicano e à música ska dando origem ao que hoje se conhece como a subcultura skinhead. Mais tarde, os movimentos nacionalistas britânicos descobriram nos skinheads brancos um ninho de recrutamento para as suas causas e surge os boneheads. Como forma de defesa do movimento original (amante do ska, do reggae, contra a injustiça, a intolerância, e fruto do casamento da cultura jamaicana com a cultura operária britânica) surgem as facções RASH e SHARP. Actualmente, existe uma luta entre os skinheads racistas (mais violentos e em crescimento na Europa) e os anti-racistas ou anti-fascistas.

P.S. A ignorância, muitas vezes, leva pessoas aparentemente inteligentes a discutir merdices do tipo quem é mais inteligente - badiu ou sanpadjudu, ou qual é a cidade/ilha mais desenvolvida - Praia/Santiago ou Mindelo/São Vicente, como se não fossemos todos caboverdeanos nascidos em Cabo Verde. Depois, os brutos, os estúpidos e os ignorantes são os skinheads.

In Memorian

No Expresso das Ilhas


Deputado Carlos Veiga (MPD)

Thursday, November 11, 2010

Free Mumia Abu-Jamal

Entrevista com Robert Bryan, advogado de defesa de Mumia Abu-Jamal (ver aqui). Sobre a prisão de Mumia aqui. (Via Cinco Dias)

(Na imagem: Wesley Cook "Mumia Abu-Jamal")

Wednesday, November 10, 2010

I Love Praia...

Apesar de tudo adoro esta cidade, a minha cidade. A capital do país da parceria especial com a UE, PDM, membro da OMC e bi-campeão do Millenium Challenge Account. Capital da corrupção e do faz de conta. Cidade onde existe o maior aglomerado de mentes obtusas, caloteiros e aldrabões por metro quadrado. Onde, finalmente, a família tradicional desestrutura-se para dar lugar ao tão desejado tipo familiar burguês - família nuclear. É esta a minha cidade. Cidade da Praia. Capital do achismo e do job for the boys, yellows, friends and family. Onde o planaltotown tem nome francês para desagrado de Vieira Lopes. Queria o nacionalista e regionalista que a coisa conservasse o nome original - Planalto da Esperança. Cidade onde Diogo Gomes tem a cara virada para a linda e maltratada Baía da Gamboa e Amílcar Cabral observa o cemitério. Cidade cultural e de pasa sabi. Cidade sem pulmão de tanto betonada construída, em construção e por construir. Adoro esta cidade. A sério. Sem ironias. Adoro poder sair e contemplar o striptease social dos endividados e sobre-endividados. Os carros de luxo e as putas finas. Os sobrados e os funcos. O show off nos espaços in e out. Adoro e respiro esta cidade. Enfim... sou praiense e não trocaria este laboratório social por Marte nenhum.

(Na imagem: uma parte da minha cidade vista do Monte "privado" Babosa. O chique dentro do choque/o luxo dentro do lixo, se pudesse a definir)

Tuesday, November 9, 2010

Violência em Moçambique

(Imagem: Grant Lee)

Por lá, o aumento dos bens essenciais deu nisso. Por cá, não obstante o aumento dos mesmos, a multiplicação dos impostos, a pouca vergonha dos políticos, a comédia da ELECTRA e da TACV, os job for the boys e tantas outras coisas a apatia é reinante. Podem me chamar do que bem entenderem, mas bem gostaria de ver um dia neste país um movimento social destemido nas ruas para o que der e vier. Talvez assim, a escumalha política no poleiro e na position de querer lá chegar nos respeitassem. Para inspiração à desobediência civil Sleep Now In The Fire dos Rage Against The Machine aqui.

A ler


Jason Hickel no Pambazuka News

Thursday, November 4, 2010

My Playlist (18) Maria Callas

Ouvir Campagne Teneri Amici... Come Per Me Sereno aqui e info aqui.

Tanta coisa que eu queria...

Não quero desalentar este senhor mas meu caro estamos na terra do pasa sabi. No paraíso do crime, principalmente, do crime político e do colarinho branco. Eu também gostaria de ver muita escumalha política e empresarial deste país num tribunal qualquer. Já agora, não esquecer que o homem 2011 foi um dos mentores teóricos da polémica lei. Contudo, defendeu-se bem na US quando o colega Varela questionou-o sobre o acontecimento, dizendo que a lei era boa mas os senhores comunistas (o comunista é meu) exageraram na sua aplicação.

Tuesday, November 2, 2010

Pomba Preto

Um grupo rap da capital com uma ideologia na linha do programa reggae afro-cêntrico da RCV + de sábado à noite... "pretologia". Nacionalistas, africanistas, cabralistas e situacionistas.

Monday, November 1, 2010

Lisboa meio sitiada...

Lisboa amanheceu hoje meio sitiada. Os jornais sensasionalistas dizem que os anarquistas e demais movimentos Anti-Nato preparam para assaltar a cidade das sete colinas amanhã. Tretas... ontem no Rossio foi assim e à noite os Terrakota e os Mercado Negro deram show no Largo Camões. Tudo na paz e harmonia. Hoje começa a contra-cimeira mas prefiro transvestir-me de capitalista. Amanhã logo se vê... no último caso, sempre temos a táctica do Black Bloc.

(Na imagem: pin da banda punk-hardcore anarquista de Aveiro, Estado de Sítio)

Wake up


Gabriel O Pensador: Até Quando?

Tuesday, October 12, 2010

Tsunami Cabo Verde!!!

Não percebi lá muito bem se "Onda Cabo Verde" é apenas nome do fórum ou passará, também, a ser o nome da marca da terra no que toca à promoção do turismo. Seja lá como for, penso que, desorganizado como a coisa está (espero que as entidades responsáveis tenham o discernimento de o organizar) o nome mais adequado seria "Tsunami Cabo Verde". É o que penso.

P.S. Ainda no que toca à dita remodelação governamental, estou a tentar perceber se não há alguma incoerência em juntar a pasta do turismo com a da indústria e da energia.

(Imagem pirateada na net)

Friday, October 8, 2010

Alargamento de protecção social às Rabidantes

Devo dizer que achei muito boa esta iniciativa do clero em alargar a protecção social aos trabalhadores por conta própria e sua socialização frente aos rabidantes da Sucupira. Não diminuirá a desigualdade social, mas, ajudará que no futuro muitas famílias tenham uns tostãozinhos para gastar, desde que não haja burocratização.

Alguém ainda vai dizer: lá está uma medida só tomada por um governo de esquerda. Ma diskontu radar ta fla, nha boka ka sta la...

(Imagem pirateada na net)