Monday, November 12, 2012

Semana do Serviço Social do ISCJS

Uma parte da investigação etnográfica sobre os thugs da capital iniciada por mim em 2006 será publicada nesta edição da Revista Direito & Cidadania (Não perder, também, o excelente artigo do investigador italiano Lorenzo Bordonaro intitulado Semântica da Violência Juvenil e Repressão Policial em Cabo Verde). As outras partes serão espalhadas por revistas estrangeiras de especialidade e livros científicos que tratam a questão da violência e da contemporaneidade cabo-verdiana.

P.S. Call for Papers para a Revista Cabo-Verdiana das Ciências Sociais da Universidade de Santiago aqui.

Sunday, November 11, 2012

A Ler


(Imagem pirateada na net)

My Playlist (22) Amy Winehouse

Ver ao vivo Addicted aqui e info aqui.

My Playlist (35) Buraka Som Sistema

Ouvir Luanda/Lisboa aqui e ver vídeo Sound of Kuduro aqui. Info aqui.

Leituras...


Ler este livro de Jared Diamond, assistir a liquidação do nosso litoral e a ausência de políticas ambientais do governo amarelo, ver o strip tease da corrupção, da lavagem do dinheiro e de tráficos vários, ouvir a estupidez política dos pseudos-candidatos e/ou candidatos a algo no poleiro e assistir a irresponsabilidade institucional mais a cosmética governamental, leva-me a pensar no pior... tantos pedaços de terra colapsaram por este mundo fora por coisas bem menores. Afinal de contas, antropófagos há-os aos montes nestas ilhas do sul do norte do atlântico.

Wednesday, November 7, 2012

South Africa 2010 (5)

De facto Cristiano Ronaldo tinha razão quando disse que os golos são como o ketchup. Quando aparecem vêm todos de uma vez e esgotam-se logo. Penso que foi isso o que aconteceu com a selecção das quinas. Só não entendi porque é que o menino madeirense não foi hoje, também, considerado o melhor jogador em campo. Se não pelo jogo que fez, por esta atitude digna de um campeão.

(Na imagem: o golo de David Villa ante Eduardo. Foto sacado no site da FIFA)

Sondagem versão K-F/FB

Para que a palhaçada fique mais completa (e não peço desculpas aos palhaços artistas), a partir de hoje, na barra lateral direita (façam favor de treinar o voto), encontra-se uma sondagem sobre as eleições 2011 (as legislativas). A CNE pode também multar este espaço, mas esta vai até a boca da urna e nunca é demais salientar que o partido que represento é o Movimento Punk Cabo Verde vulgo MPCV (também conhecido por bananas). A verdade é que a maior culpa do divórcio dos cidadãos com a política e o descrédito que esses têm hoje, deve-se ao circo em que a arena política cabo-verdiana se transformou e o défice democrático existente no país. Se o pasquim virtual amarelo do Vladmir e companhia pode fazer sondagem eleitoral dando vitória acima de 90% aos paicvistas, nós também podemos - yes we can - e salva-se quem puder... a participação na votação é grátis e o anonimato concebe imunidade contra a perseguição política.

P.S. Agora um pouquinho mais a sério, espero que saiamos democraticamente mais maduros destas eleições... boa sorte aos candidatos pela coragem, oportunismo, putismo, patriotismo e demais ismos...

(Imagem surrupiada no Feedback)

Monday, November 5, 2012

Sunday, November 4, 2012

Saturday, November 3, 2012

E hoje é domingo...

Ontem assisti na TIVER o show José Maria Neves - uma imitação barata de Barack Obama, essa decepção - e devo confessar que a conversa de ladrão ainda convence muita boa gente. Mais estradas, mais portos, mais aeroportos e o caralho... sou um utente da estrada Praia/Assomada e devo dizer que da forma amadora como ela foi txapada nem vinte e um escudos de imposto por cada litro de combustível chega para solucionar os vários problemas enfrentados, principalmente quando chove. Mas os tolos vão na conversa do mister entretainment... é o país da comédia e do faz de conta. A dívida individual se encontra prestes a explodir e a dívida governamental só aumenta, mas neste país de senhores doutores, economistas parecem não existir. Uma coisa é certa, o próximo governo vai ter uma enorme batata quente para esfriar - ou ainda acreditam no almoço grátis, por sermos um povo, digamos, cheios de "morabeza" -, seja verde ou amarelo. We are fucked... desenganam-se aqueles que pensam que Veiga, o gajo da festa dos cinco mil amigos "facebockianos" no largo do bar de Futida, é a solução. O PAICV ganha e consolida-se a ditadura transvestido de democracia. O MPD ganha e começa a caça às bruxas. Só sei que Sócrates, o José, há coisa de um ano e tal, estava com o mesmo sorriso do nosso José, o Neves. Venha o diabo e escolha, que eu votar só se for nas bananas...

Friday, November 2, 2012

Exposição PraiaPop

A exposição PraiaPop de Dudú Rodrigues começou hoje e estará aberto ao público todo o mês de Novembro no Nice Burger Cachito. Para os apreciadores da arte que não estiveram presentes na abertura do evento, nos próximos quatro sábados haverá neste mesmo local shows de rap, break dance, Dj's e afins. Os brutus sociais estiveram lá e já reservaram lugar para os outros dias... aos arte sensíveis esperamos que apareçam e prometemos não levar os folk devil's.

Obviamente o conceito arte é relativo e subjectivo e tal como Bourdieu afirmou, o campo artístico é muito competitivo, onde as lutas simbólicas são intensas e o uso de violência simbólica é utilizada como arma de destruição psicológica (esta última parte é minha). Esta exposição é uma espécie de revolução simbólica contra a dominação simbólica no sector. Os do "ghetto" estiveram lá e levaram a sua arte lírica. Rabeladu Lopi dos Fidjus di Cabral, Dimi dos Centro Side e Didey, um ex-thug da Achadinha, abrilhantaram o público que encheu o espaço Cachito, com sons que representam as suas visões da Praia di oji en dia.

A ELECTRA não ajudou muito, mas a malta das duas rodas desafiaram o escuro e deram um freestyle para o pessoal na Praça Alexandre Albuquerque. Será mais ou menos assim nos fins-de-semana até Dezembro mesmo sem autorização da CMP ou da bófia. É a subcultura urbana periférica em ascensão... mas sem momentos pub's na blogosfera de referência.

Foto 1: parte da sala com 7 dos 8 quadros expostos.
Foto 2: Dimi em acção.
Fotos 3 e 4: malta de patins no freestyle à luz de vela.

Estado da nossa política...

Três dias fora da Praia Maria e acontece coisas na política que, não obstante o discurso JMN, seus bajuladores e "pixinguinhas", mostra o nosso lado africanista (e não me interpretem mal). Na CMP, um tal de Barbosa suspende a cidade capital por capricho pessoal. Queria umas coisinhas no escritório e um Prado em vez do Hilux (com razão digo eu - informação dada por alguém na CMP). A forma de reivindicar é que não foi o melhor e mostra um certo amadorismo político por parte desse senhor... politicamente acho que o gajo morreu. Dizem as más línguas que foi bem feito para o MPD, por enfiarem palhaços no poleiro. Eles lá sabem... o fulano caiu em si, pediu a demissão (ou a suspensão) e o orçamento foi aprovado hoje para tristeza do Vladmir e companhia. As forças armadas cagam no estado de direito e imitam os nossos irmãos e primos do continente ao embargar com akm's em punho obras da CMP na Achadinha Pires. Fosse no tempo de Filú, os gangs juvenis do bairro protegeriam as obras do "bodona" com unhas, dentes e boka bedjus. O Magnífico Reitor da universidade pública perde a compostura e aparece na lista do PAICV como Magnífico Reitor... e acha-se normal. Como disse-me um professor da casa do dito intelectual, a política é um óptimo lugar para quem busca colete à prova da justiça. Ele lá sabe o que quis dizer com isso... mas lembrou-me o tal médico do Fogo que de repente aparece numa lista nos States. Viva a nossa democracia... e o adro ainda está a sair do altar.

P.S. Apesar de tudo, comparando com os do lado ocidental do continente sofredor e com os PALOP's, estamos no topo...